You are currently viewing Aprendizagem ativa é o futuro do ensino

Aprendizagem ativa é o futuro do ensino

No mundo temos 220 milhões de desempregados buscando por recolocação ou reinvenção de suas carreiras. Esses indivíduos logo vão enfrentar um novo ciclo de desenvolvimento profissional, com novas habilidades e lógicas de aplicação.

Criar uma cultura de aprendizagem contínua é essencial para quem quer se manter relevante para o mercado, mas na prática não é nada trivial. É, na verdade, um excelente diferencial competitivo já que 59% das empresas possuem grande preocupação com novas competências a serem adquiridas e aplicadas aos negócios. E esse profissional pode ser a saída para muitas delas.

A complexidade para empregado e empregador se torna ainda maior com tantas ofertas de conteúdo, formatos e canais. De fato, há hoje uma infinidade de soluções e enorme desafio sobre como fazer boas escolhas em educação.

Uma boa curadoria é primordial e chave para destravar todo potencial da aprendizagem contínua, seja na empresa ou para o indivíduo. Dentre as inúmeras possibilidades de ensino, os métodos de aprendizagem ativa têm revelado seu potencial em eficácia de resultado. Estudo da Harvard Business Review aponta uma taxa média de retenção de conhecimento em torno de 75%. É devido esse desempenho que 71% das empresas Fortune 500 já possuem alguma iniciativa nesse campo. Um movimento recente, mas cada vez mais organizado.

Esses eventos de aprendizagem síncrona são impactantes na trajetória profissional e ideal para quem busca aceleração na carreira. Um dos mais recentes estudos da PWC aponta forte crescimento na formalização das práticas de coaching, mentoria, tutoria, entre outros. Em 2020 esse mercado atingiu o marco histórico de U$20Bi em faturamento e forte ascensão global.

Apesar disso, o mercado de educação corporativa no Brasil ainda é tímido em iniciativas nesse campo. Especialmente por falta de medições que justifiquem um programa interno formal e escalável para toda organização.

Já aquelas empresas que superaram esses fatores limitantes vivem boas colheitas desse método, afinal 69% delas passaram a tomar melhores decisões e 84% dos colaboradores mentees afirmam que os encontros contribuíram para evitar erros.

Se você quer implementar encontros síncronos para o seu time, comece por aquele colaborador super envolvido nos treinamentos. O engajamento dele é essencial para você manter o sucesso dos cursos, recompra e satisfação sempre alinhados com o propósito de LIFE LONG LEARNING tão promovido por educação corporativa.

Mentorias, coachings e tutorias são armas muito úteis para gerar prontidão nos times e fugir do no show, o maior vilão de qualquer treinamento. Por isso, crie estímulos para os seus melhores clientes internos crescerem ainda mais via T&D e transforme esse engajamento em um Clube de Vantagens para ele mesmo. Tenha grandes aliados em aprendizagem ativa e boa curadoria a seu favor para gerar um ambiente virtuoso para trocas internas e acesso ao conhecimento rápido. Afinal, acelerar na carreira é mais fácil para quem estuda.

Deixe um comentário